INFORMAÇÕES ÚTEIS

1 - Conheça sua fatura

Para conhecer sua fatura detalhadamente CLIQUE AQUI.

2 - Curiosidades sobre a Água

CURIOSIDADES SOBRE A ÁGUA


1. A falta de água potável e de saneamento adequado atinge, respectivamente, 1,4 e  2,9  bilhões  de  pessoas  em  todo  o  mundo,  principalmente,  em  países  em desenvolvimento. Calcula-se que 80% das moléstias que vitimam a humanidade têm sua transmissão por via hídrica.


2. A escassez hídrica já é uma realidade para 28 nações localizadas na África e Oriente Médio e projeções futuras indicam um total de 52 países sofrerão com esta escassez.


3. A  vegetação  tem  um  papel  fundamental  na  proteção  e  manutenção  do  ciclo hidrológico, pois é responsável pela absorção de água da chuva, proteção do solo, e recarga de lençol d’água subterrâneo. As matas ciliares – vegetação nativa que recobre as margens de rios e lagos atua na proteção desses mananciais. Dentre as funções deste tipo de vegetação, destacamos as seguintes:


♦ preservar das nascentes;

♦ evitar a erosão do solo;

♦ fornecer alimento e abrigo à fauna aquática e terrestre;

♦ reter poluentes e contaminantes;

♦ servir como área para educação e recreação.


4. O desmatamento, especialmente, em topos de elevações e áreas de declividade acentuada causa graves problemas ecológicos e sociais, dentre os quais a redução da  absorção  da  água  pelo  solo,  a  erosão  nas  encostas  que  causam desmoronamentos,  o  assoreamento  no  leito  dos  cursos  d’água;  inundações, destruição de colheitas e propagação de doenças.


5. O Brasil possui as maiores reservas de água doce do planeta, cerca de 20% do total, sendo 15% desse total apenas na Bacia Amazônica.


6. A China possui 22% da população mundial e apenas 8% de água doce, e cerca de 80 milhões de chineses caminham mais de um quilômetro para encontrar água. 


7. A carência de água ou sua má qualidade trazem graves problemas de saúde para a humanidade. Cerca de 80% das doenças que afetam as populações de países em desenvolvimento são causadas pela má gestão de águas, causando mais de 33% das mortes e uma perda média de 10% do tempo de trabalho de cada pessoa.


8.  Quatro  entre  cinco  doenças  comuns  nos  países  em  desenvolvimento  são causadas  por  água  poluída  ou  por  falta  de  saneamento  básico,  e  tais  doenças provocam, nesses países, em média, 25 mil mortes por dia, sendo 60% delas de crianças.


♦ Morrem 4 milhões de crianças em todo mundo por ano, vitimadas pela falta de água limpa e saneamento adequado.

♦  73  dias  de  trabalho  são  perdidos  a  cada  ano  na  Índia  devido  às  doenças transmitidas pela água. Foi estimado em quase 1 bilhão de dólares por ano, o custo em termos de tratamento médico e perda de produtividade.


9. 3/4 da superfície do planeta são cobertos por água sendo que 97% dessa água é salgada, e apenas 3% de água doce. Do percentual total de água doce existente, a maior parte encontra-se sob a forma de gelo nas calotas polares e geleiras, parte é gasosa  e  parte  é  líquida.  Os  rios  e  lagos  –  nossas  principais  fontes  de abastecimento correspondem a aproximadamente 0,01% desse percentual e estão ameaçadas pela poluição.


10. Um dos piores exemplos da má administração dos recursos hídricos em todo planeta é o do Mar de Aral. Localizado na Ásia, na fronteira entre o Casaquistão e o Uzbequistão (antigas repúblicas soviéticas), o Aral – que já foi considerado o quarto maior mar interior do mundo – perdeu 70% do seu volume de água em quatro décadas.

O uso excessivo, a partir dos anos sessenta, das águas dos rios que o alimentavam – o Amu Darya e o Syr Darya – para projetos de irrigação levou ao rebaixamento de seu nível de água em 3 metros, com baixa de 9 a 13 metros esperada até o fim deste século. A população local, que dependia da pesca para sua

sobrevivência,  ficou,  em  alguns  casos,  até  50  quilômetros  de  distância  da linha d’água.  A  frota  pesqueira  encalhada  no  fundo  lamacento  do  antigo  mar  é  um testemunho vivo da destruição.


11. O  aqüífero  de  Ogallala  –  um  dos  maiores  do  planeta  –  situado  no  Estado americano do Texas (EUA) teve 25% de suas reservas reduzidas devido ao uso intensivo.


♦ O Botucatu é – segundo os geólogos – o maior aqüífero subterrâneo do planeta.

Localizado abaixo do Mercosul, estende-se por uma área de 1,6 milhão de km2 (maior  do  que  Inglaterra,  França  e  Espanha  juntas).  Dois  terços  desse  mar subterrâneo de água doce estão em território brasileiro, cobrindo 6 estados; o terço restante está sob a Argentina, o Paraguai e o Uruguai.


12. Entre os variados impactos provocados pelas atividades antrópicas sobre os suprimentos de água, o desperdício pode ser considerado um dos mais perniciosos. Estima-se que, nos países em desenvolvimento, ele possa chegar a 60%. No caso brasileiro, especificamente, o volume de perdas de água atingiria algo em torno de 40%  do  volume  total  da  água  tratada  e  fornecida  aos  usuários.   As  causas principais  desse  desperdício  seriam  problemas  nos  sistemas  de  distribuição  (má conservação, vazamentos…) e, talvez, a causa mais importante: negligência dos próprios usuários.


13. O desmatamento, especialmente, em topos de elevações e áreas de declividade acentuada causa graves problemas ecológicos e sociais.


14. O fenômeno das inundações se agrava nas cidades devido, principalmente, a excessiva impermeabilização do solo pelo asfalto e o concreto.


15. A Floresta Amazônica é responsável pela reciclagem de 2/3 da água doce do planeta.


16. O Brasil possui as maiores reservas de água doce do planeta, cerca de 20% do total, sendo 15% desse total apenas na Bacia Amazônica.


17. A qualidade das águas é seriamente alterada pelo run-off urbano, que contém componentes  do  esgoto  doméstico,  industrial  e  do  escapamento  dos  veículos automotores. 


18. Uma torneira gotejando durante 24 horas consumirá num dia 46 litros de água, e num mês 1.380 litros. 


19. Uma simples escovação de dentes com a torneira aberta consome em média 20 litros de água, quantidade suficiente para encher 66 latas de refrigerante.


20. 100 litros de água é o tamanho do desperdício numa lavagem de pratos com a torneira aberta.


21. Um banho de chuveiro chega a consumir 20 litros de água por Minuto. 


22.  Em  antiquados  sistemas  de  descarga  sanitária  brasileiros  chegam  a  ser consumidos até 18 litros de água a cada descarga.


23. O uso de equipamentos mais econômicos: chuveiros, lavadoras, torneiras  e vasos sanitários reduzem em 1/5 o consumo doméstico de água.


24. O acesso à água de boa qualidade deve ser garantido a todos os habitantes do planeta como direito básico de todos os seres vivos.


25. Os recursos hídricos, ainda que renováveis, são limitados.


26.  A  intervenção  antrópica  sobre  o  meio  ambiente  tem  contribuído  para  a alteração do regime hidrológico e a contaminação dos sistemas hídricos. Todo esse desperdício encarece os custos, ocasiona racionamentos, punindo, principalmente, as  camadas  mais  pobres  da  população  que  não  são,  muitas  vezes,  sequer beneficiadas por esses serviços, ou não têm condições de pagá-los.


 


Seja, portanto, um cidadão consciente:

economizar é preciso!


 

FONTE: CRESPO, TELSON. Planeta Água: Um guia de Educação Ambiental para

Conservação dos Recursos Hídricos. Rio de Janeiro, Papel Virtual Editora, 1998.

3 - Dicas para economizar água

Confira nossas dicas para economizar água na sua residência: clique aqui

4 - Limpeza da Caixa D'água

Cuidar da sua caixa d'água garante a qualidade da água que você recebe.

Clique aqui e confira na ilustração os passos para uma correta limpeza de sua caixa d'água.


 

5 - Medição

Somente funcionários da EJW - Concessionária do Abastecimento de Água, poderão instalar, reparar, substituir ou remover hidrômetros, sendo absolutamente vedada a intervenção do titular, usuário, inquilino ou seus agentes nesses atos.


O proprietário da unidade consumidora, será responsável pela guarda e segurança do hidrômetro instalado em seu imóvel. O conserto dos hidrômetros, cujos defeitos decorram do desgaste normal de seus mecanismos, será executado sem qualquer ônus para o titular ou cliente. Entretanto, as despesas decorrentes da reparação de hidrômetros danificados por intervenção indevida serão cobradas do proprietário do imóvel.


Comprovada a danificação do aparelho com o propósito de fraudar a medição, será aplicada multa prevista no Regulamento da Concessão dos Serviços de Abastecimento de Água do Município de Balneário Arroio do Silva.  .


Quanto à medição de seu consumo, saiba que:


A leitura do hidrômetro para apuração do consumo será efetuada mensalmente.


Quando o imóvel sem consumo for constituído por economias enquadradas em categorias de uso distintas e servido por um único ramal predial, será cobrado o somatório dos valores dos serviços básicos de acordo com as categorias de uso. Havendo consumo, o mesmo será rateado pelo número de economias existentes no imóvel, aplicando-se à parcela do volume rateado, o valor do m³ estabelecido para a categoria de uso de cada uma das economias.

6 - O que são hidrômetros e para que servem?

O hidrômetro é um aparelho utilizado para medir  e registrar  o volume de água. Ele é chamado de medidor ou relógio de água.




NÃO TENTE VIOLAR O HIDRÔMETRO, ISSO

PODE SER CONSIDERADO CRIME!


 


- Somente os funcionários da EJW podem fazer a instalação dos hidrômetros;


- Um hidrômetro instalado corretamente pode durar até 8 anos, A preservação e conservação dele é de responsabilidade do consumidor;


- Evite danificar o seu hidrômetro. Um hidrômetro danificado pode aumentar a sua conta. Lembre-se disso!


- CASO SEU HIDRÔMETRO ESTEJA DANIFICADO, ENTRE EM CONTATO COM A EJW ÁGUAS ou pelos telefones:(48) 3526-0798 e (48) 3526-0799

7 - Portaria MS Nº 2914 DE 12/12/2011 (Federal)

Para baixar a portaria MS Nº 2914 de 12/12/2011 (Federal), clique aqui.

    QUALIDADE DA ÁGUA

    QUALIDADE DA ÁGUA

    Conheça a qualidade da nossa água.

    EJW Águas LTDA.

    Av. Gonçalves Marques Teixeira, 119 - Loteamento Natureza - Baln. Arroio do Silva - SC

    Fone: (48) 3526-0798